Mostrar mensagens com a etiqueta Courgette. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Courgette. Mostrar todas as mensagens

1 de agosto de 2017

Compota de courgette

Como alguns já sabem, há dias ofereceram-me uma carrada de courgettes gigantonas. 
Das primeiras coisas que me lembrei fazer quando as recebi, foi mesmo uma boa compota. Há anos, quando ainda estava em Portugal, os meus pais tinham imensas courgettes na quinta, e na altura tinha feito compota. Por isso agora foi só adaptar aos novos requisitos alimentares e ao paladar mais apurado.


Estas foram as courgettes oferecidas. São enormes e olhem que tenho as mãos grandes!



Decidi fazer a compota mas, não sei como, deixei acabar o mel. Então usei açúcar de coco que tenho em casa desde o verão passado e já estava em bloco. Assim, já ficou despachado 😆


Mas vamos ao que interessa:

Vão precisar dos seguintes INGREDIENTES:

700 g de courgette descascada e cortada aos cubos (era o tamanho de uma delas)
50 g de açúcar de coco
1 pedacinho de gengibre fresco descascado (cerca de 1 cm quadrado)
1 colher de café de canela de Ceilão
Raspa de 1 lima



PREPARAÇÃO:

Fiz na Bimby.
Deitei os ingredientes todos no copo e programei 30 mins/ vel.1/ temp. 100º.
Depois desse tempo, espreitei a consistência, triturei uns segundos e programei mais 15 mins/ vel.1/ temp. Varoma.

Para quem não tem Bimby, prepara os ingredientes e mete ao lume baixo numa tacho anti-aderente até cozer e apurar. Calculo que demore aproximadamente o mesmo tempo.


Para alguns, o sabor do gengibre poderá ser demasiado forte, mas apesar de eu gostar de courgette, acho que tem um sabor meio enjoativo, e o gengibre "quebra" um pouco esse sabor.



Ainda não sei bem onde a vou usar, vou ter que fazer umas crakers para a gastar 😆😆

Creme de beterraba

Sopas, sopas e mais sopas! Sim, cá em casa, come-se muita sopa e a todas as refeições. Quando se está a cumprir o protocolo paleo auto-imune, os legumes têm um papel primordial na recuperação do organismo. Uma vez que convém ingerir entre 9 a 14 porções de legumes variados por dia, a sopa torna-se um excelente aliado para atingir esse objectivo diário. Nem sempre é fácil, uma vez que com o tempo, é preciso inovar sabores e alterar a confecção de forma a não se cair na rotina e pasmaceira.


Já andava para fazer este creme há algum tempo, mas como gosto tanto de beterraba, quando compro, nunca chega para fazer sopa e acabo por consumi-la num ápice. Mas desta vez, comprei já a contar com este creme.

INGREDIENTES:
1 courgette grande descascada
2 cebolas pequenas
3 dentes de alho grandes
3 floretes de couve-flor
4 cabeças pequenas de beterraba cozida
Azeite q.b.
Água e sal q.b.
Orégãos e basílico seco a gosto (ou outras ervas aromáticas)





 PREPARAÇÃO:

Fiz na Bimby.
Coloquei no copo da Bimby a couve-flor, as cebola, os alhos, a courgette e as beterrabas descascados e cortados aos pedaços. deitei também as ervas aromáticas.
Cobri os legumes com água e coloquei sal, e programei 25 mins/ 100º/ vel.1.
Findo esse tempo, programei 1 min/ vel.3-5-7.

Para quem não tem Bimby, o processo no fogão é como para qualquer sopa.
Colocar os legumes descascados e cortados numa panela ao lume com água a cobrir os legumes e sal a gosto.
Deixar cozinhar e triturar.



Não sei se é de mim, mas com as ervas, quase parece sopa de tomate. Faltava o ovinho escalfado, mas fica para outra altura.



É muito simples de fazer, e muito saborosa. É uma excelente alternativa aos tradicionais cremes de legumes. E tem a vantagem de se poder comer quente ou fria.

31 de julho de 2017

Creme de courgette

Há dias ofereceram-me uma quantidade enorme de courgettes, e das grandes.

Assim, e para estrear, decidi logo fazer um creme de courgettes, rápido e simples e que fica bem com tudo.


Vão precisar dos seguintes INGREDIENTES:

1 courgette (usei a mais pequena das gigantes que estão na segunda foto)
2 cebolas médias
3 dentes de alho
2 pés de cravinho
2 folhas de louro
50 g de azeite
Água q.b.
Sal q.b.

PREPARAÇÃO:

Usei a Bimby.
Descasquei e cortei as cebolas e a courgette.
Descasquei os dentes de alho.
Coloquei o azeite no copo da Bimby.
Juntei as cebolas e as courgettes.
Juntei os alhos, as folhas de louro e os pés de cravinho.
Adicionei sal a gosto e programei 25 min/ Vel. 1- colher inversa/ temp. 100º.




Findo o tempo, retirei os pés de cravinho e as folhas de louro (por acidente ficou lá uma parte e acabei por triturar junto, mas até que ficou muito bem assim) e triturei tudo na vel. 3-5-7 durante 1 min.


Não adicionei água para a cozedura porque a courgette larga imensa água e eu não gosto das sopas muito líquidas. Assim, estufei tudo e triturei, e só depois de triturar é que juntei a água para fazer o creme. Aqui já depende do gosto de cada um.

Para quem não tem Bimby, estufa tudo num tacho e depois de cozido, tritura e junta a água a gosto.

É muito simples e muito saborosa!

12 de junho de 2017

Molho AIP (tipo béchamel)


Por um lado parece uma coisa muito simples de fazer, mas por outro podem também dizer que este tipo de molho não é imprescindível para se comer naturalmente. É verdade, mas depois de 2 meses (neste caso mais de 60 dias) com tanta restrição alimentar, acreditem que apetece variar da rotina.


E porque desta vez eu queria fazer umas empadas, faltava-me um elemento de ligação para o recheio. E aqui está ele. Fácil e bem simples de fazer.

Vão precisar de:

INGREDIENTES:


1 courgette média descascada

2 dentes de alho
Sal e azeite q.b.
1 colher de sopa bem cheia de polvilho doce



PREPARAÇÃO:

Eu cozi a courgette a vapor na Bimby porque a courgette larga muita água e queria aproveitar a polpa ao máximo.
Deitei cerca de 600 g de água no copo e deitei uma colher de chá de sal. Coloquei a courgette e os dentes de alho no cesto dentro do copo.
Programei 20 mins/ vel. 1/ temp. Varoma.
Acabando o tempo, escorri a água, e voltei a colocar a courgette com os alhos, um fio de azeite e o polvilho doce.
Triturei uns segundos na vel.5.
Depois coloquei a borboleta e bati cerca de 1 min/ vel. 4.

A consistência fica ao vosso gosto. Aqui ficou como na primeira foto. Se quiserem mais espesso, basta juntar um pouco mais de polvilho e bater.